Governo estuda plano para universalizar o acesso à internet no país


Internet

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse hoje (29/08), que o governo quer lançar um plano de universalização da internet no país, com prioridade em locais onde não há infla estrutura, com na Região Norte do país, e áreas de regiões metropolitanas onde o acesso de parte da população é precário.

‘’Vamos fazer isso com calma, de forma bem embasada porque queremos atingir a universalização. Que o computador seja tão presente quanto é hoje o rádio ou televisão’’, disse o ministro. Bernardo informou que já pediu estudos sobre o assunto para a Telebrás, Anatel e Ministério das Comunicações.

O ministro explicou que as metas de universalização deverão constar em uma revisão do Plano Nacional de 
Banda Larga, prevista para o ano que vem. 

Essa revisão, segundo o ministro, deverá aumentar a velocidade mínima, que hoje é de 1 megabit por segundo (Mbps). ‘’A presidenta Dilma falou esses dias em 5 Mbps, mas talvez no ano que vem, quando queremos lançar o plano, isso seja pouco. Talvez 10 Mbps como velocidade mínima’’.

Bernardo também citou que a licitação da faixa de frequência de 700 mega-hertz, que deverá ocorrer no ano que vem, deverá incluir metas de velocidades de internet. Mas essa faixa atualmente está sendo utilizada para transmitir sinal de televisão analógica, e só poderá ser licitada depois que houver a digitalização do sistema.
Categoria: , ,

0 comentários

Deixe seu comentário