Mulher que tentou sequestrar bebês queria salvar casamento, diz delegado


Mulher que tentou sequestrar bebês

A mulher que tentou sequestrar nesta quinta feira (20/09) dois bebês recém-nascidos do Hospital Regional de Brazlândia, no Distrito Federal, forjou uma gravidez de gêmeos para tentar salvar o casamento, disse o delegado Pedro Luiz Morais, da 18ª delegacia de polícia, após ou vila em depoimento. Segundo o delegado, a mulher confessou o crime.


Ao delegado, a mulher teria dito que engravidou no ano passado, mas perdeu o filho. Três meses depois, ela simulou uma nova gravidez. Ainda segundo Moraes, a sequestradora engordou deliberadamente para parecer que estava grávida e convenceu a família da gestação apresentando ao marido e parentes exames que retirava da internet.

‘’Ela enganou a família por cerca de nove meses. Levando a mentira e acreditado na sua própria fantasia, a ponto de ficar grávida psicologicamente’’, disse.

a mulher, que é agente comunitária de saúde da regional de Ceilândia desde 2006, foi presa nesta quinta feira ao tentar levar do hospital dois bebês recém-nascidos dentro de uma bolsa. Ela foi alcançada pelos funcionários do hospital quando estava no estacionamento.

A agente entrou no berçário na manhã desta quinta, depois de apresentar o crachá de funcionária da Secretaria de Saúde. A mulher passou boa parte do dia dentro do prédio e, segundo os servidores, aproveitou o descuido das mães para colocar duas crianças, um menino branco e uma menina negra, na bolsa.

Enquanto caminhava para a saída com os bebes na sacola, o choro de um deles chamou a atenção de uma funcionária da limpeza. ‘’Ela tentou fugir, correu até o estacionamento, onde estava o carro dela. Ai foi que chegou o vigilante e tomou a bolsa dela, tirou os bebês de dentro da bolsa’’, conta a funcionária que percebeu o choro de bebê, mas não quis ser identificada.

Enquanto caminhava para a saída com os bebês na sacola, o choro de um deles chamou a atenção de uma funcionária da limpeza. "Ela tentou fugir, correu até o estacionamento, onde estava o carro dela. Aí foi que chegou o vigilante e tomou a bolsa dela, tirou os bebês de dentro da bolsa”, conta à funcionária que percebeu o choro do bebê, mas não quis ser identificada.
Categoria: , ,

0 comentários

Deixe seu comentário