Tribunal do Trabalho suspende licitação para troca de ônibus no DF



O tribunal de justiça do trabalho (TJT) da 10ª Região determinou nesta quarta-feira (12/09) a suspensão da licitação para troca de 90 % da frota dos ônibus do Distrito Federal. A decisão foi tomada após o 
Ministério Público do Trabalho (MPT) entrar com mandato de segurança exigindo a instalação de motor traseiro sem emissão de ruído, ar-condicionado e câmbio automático nos veículos novos. Cabe recurso.

Tribunal do Trabalho

A secretaria de Transportes não se pronunciou sobre o caso, mas a Procuradoria-geral do DF informou que vai recorrer da decisão.
de acordo com o procurador do MPT autor da ação no TJT, Alessandro Santos de Miranda, a medida tem como objetivo garantir a segurança no trabalho de motoristas e obradores. 
O procurador informou que o MP constatou que 45,48% dos motoristas do DF têm perda aditiva em diversos graus induzida por ruído.
Categoria: , ,

0 comentários

Deixe seu comentário