Saiba quais cuidados devem ser tomados na hora de comprar brinquedos para as crianças


DIA DAS CRIANÇAS
Nesta segunda-feira (08/10), o PROCON-SP autuou 19 de 46 estabelecimentos visitados por suas equipes. Os principais problemas encontrados foram produtos sem identificação fiscal do fabricante e importador ou distribuidor sem o selo do INMETRO.
O selo é obrigatório em brinquedos, que devem ser certificados pelo órgão federal. Confira abaixo as recomendações do INMETRO na compra de brinquedos:
Procure pontos de venda legalmente estabelecidos, em vez do mercado paralelo

Só compre brinquedos com o selo INMETRO
O selo deve estar visível, impresso na embalagem, gravado ou numa etiqueta afixada ao produto
Selecione o brinquedo pela idade da criança. A faixa etária indicada deve estar na embalagem
Quem tem filhos em idades diferentes deve cuidar para que os menores não tenham acesso aos brinquedos dos maiores
 Exija a nota fiscal ou tíquete do caixa na hora da compra
Retire o brinquedo da embalagem antes de entregá-lo à criança
Leia as instruções antes de passar o brinquedo aos miúdos
O mau uso de brinquedos eletrônicos pode causar acidentes, como choque elétrico ou queimaduras
  
Os preços costumam variar bastante de um lugar para outro. Portanto, ao adquirir um produto, verifique o seu mecanismo de funcionamento, a pilha, a bateria ou fricção, pois deve se levar em consideração os custos que uma dessas opções representa.

Todo produto deve conter informações adequadas e claras sobre suas características, quantidade, qualidades, origem, composição, preço, prazo de validade, garantia, entre outros, assim como sobre os riscos que possam apresentar à saúde e à segurança do consumidor.

Brinquedo sem selo INMETRO deve ser denunciado à ouvidoria do órgão: 0800 285 1818.
Categoria: , ,

0 comentários

Deixe seu comentário