Funcionárias da Record são demitidas após participar de clipe de funk



Duas funcionárias dos recursos Humanos da Rede Record, Gabriela Fagundes e Mariane Fernandes, foram demitidas na semana passada da emissora após terem participado de um clipe de Funk, que mostra imagens sensuais e mulheres de biquíni. 
No entanto, as duas ex-funcionárias ficaram de vestido durante a gravação. 

Funcionárias da Record são demitidas após participar de clipe de funk

‘’Eu trabalhava há oito anos na Record, nunca dei motivo para ser mandada embora. Eles alegam que a demissão realmente foi pelo clipe. Disseram que o vídeo teve muita repercussão dentro da emissora e, como não condiz com a imagem da empresa e nem de uma pessoa que trabalha no RH, eles teriam que me mandar embora’’, disse Gabriela, que aparece de vestido preto no vídeo.

Mariane, de 21 anos, que está de vestido rosa na gravação, confirma a versão e se diz inconformada com a decisão da emissora. ‘’O vídeo foi um trabalho, a gente recebeu para participar. Tem tanta gente que faz coisa pior lá dentro, por que não poderia fazer esse trabalho normalmente’’.

A assessoria da Record nega qualquer ligação entre a demissão e o clipe em que elas aparecem e alega que a decisão foi tomada por motivos estruturais da emissora.

Gabriela afirma que estuda a possibilidade de processar a Record já que o vídeo foi feito fora da empresa e em nenhum momento fazem menção a eles. 
Categoria: ,

0 comentários

Deixe seu comentário